Pela manutenção na sua campanha invicta e com objetivo de voltar à liderança da sua chave pela Série C do Brasileiro, o Clube do Remo enfrenta, nesta noite, às 18h, o Vila Nova (GO), com foco total na vitória, pela quarta rodada da competição, no estádio Mangueirão, em Belém.

Empatado com o Santa Cruz até o começo desta rodada, ambos com sete pontos, os azulinos esperam, também, fazer um bom saldo de gols para tomar vantagem no critério desempate caso seja necessário, especialmente após vacilarem na parte ofensiva no seu último compromisso pelo Nacional.

Assim como o goleiro Vinícius, fruto das categorias de base do Tigre, o técnico Mazola Júnior sabe muito bem o que esperar do adversário que vai encarar nesta noite. À frente da equipe goiana em 2016, o ‘professor’ entende que, independentemente do momento, o rival vai propor dificuldades ao Leão mesmo fora de casa. Dessa maneira, o comandante pretende montar o time de forma coesa para voltar a vencer na competição e não ser surpreendido pelo Vila, que vem mordido, já que sofreu uma dura derrota na rodada passada.

“Se trata, sim, de um jogo importantíssimo. O Vila vem de um resultado enganador. Não vamos nos iludir com o resultado de 4 a 0 para o Ferroviário”, alertou o Mazola. “Estudamos muito bem o Vila Nova e temos a consciência tranquila que será um jogo muito duro”, visualiza.

Em solo paraense, o Clube do Remo mostrou-se absoluto nos gramados até aqui nesta retomada. Nas partidas realizadas no Mangueirão, o time saiu vitorioso em todas. Para repetir os bons resultados e, de quebra, somar os três pontos, Mazola Júnior sabe que precisará colocar em campo um fator que ainda tem deixado a desejar na sua equipe.


“Os detalhes vão resolver o resultado do jogo. Esperamos ter um aproveitamento melhor na nossa parte ofensiva, o que não tivemos em Imperatriz (MA), e que consigamos uma vitória que vai ser muito importante para nós na sequência da Série C”, destaca.

E MAIS…

DO LADO ADVERSÁRIO

l O começo de Série C do Vila Nova não tem sido dos melhores. Candidato a brigar pela classificação à segunda fase da competição, a equipe ainda tenta se encontrar nos gramados para engatar uma sequência positiva. Até agora, em três jogos, um empate, uma vitória e uma goleada sofrida na rodada passada por 4 a 0, para o Ferroviário. O revés passado, por sinal, não foi bem digerido internamente e o elenco garante que possui qualidade para fazer melhor na competição.

l O zagueiro e capitão Adalberto, em coletiva, explicou que frente ao Clube do Remo, vice-líder, a equipe não pode vacilar se quiser conquistar a pontuação máxima. “Sei da qualidade da nossa equipe. Foi uma derrota dolorida, mas domingo vamos entrar mais ligados para que, com todo respeito ao Remo, possamos sair de campo com os três pontos”, disse. Para esta noite, o técnico Bolívar não irá contar com o zagueiro Saimon, expulso no jogo passado. Assim, Rafael Donato deve fazer dupla com o Adalberto na zaga.

Manter a boa fase é fundamental

Vinícius vai enfrentar o ex-time hoje e não quer saber de ter a meta vazada

Para o duelo desta noite, o goleiro Vinícius, ídolo azulino, destacou que o reencontro com a sua equipe formadora, o Vila Nova (GO), por quem tem gratidão e respeito, não significa tirar o pé do freio na competição. O camisa 1 deixou claro que o profissionalismo será imprescindível no decorrer dos 90 minutos da partida deste domingo para continuar ajudando o Leão a atingir o grande objetivo da temporada: o acesso à Série B.

Dessa maneira, o arqueiro relatou que, em campo, o foco será vencer e, se possível, convencer. “Já tive outras experiências em outros clubes jogando contra o Vila Nova. Não vai ser a primeira vez, mas é sempre um momento bom. É um clube que tenho bastante carinho, pela torcida que é imensa. Mas como falei, vou fazer o meu melhor, trabalhar bastante para conquistar a vitória”, comentou.

Na vice-liderança da sua chave, em caso de triunfo o time azulino pode voltar a ocupar o topo da tabela. Por isso, Vinícius espera, ao lado dos companheiros, realizar um belo jogo. “Hoje eu represento um grande clube, que tem a sua imensa torcida e que espera de nós um resultado positivo no domingo pra gente continuar firme nessa briga pelo acesso”, bradou.

Com um empate amargo obtido no jogo passado, o Clube do Remo ainda segue em uma boa fase: seis vitórias e um empate desde o retorno do time aos gramados e com soberania nos compromissos em Belém. Sendo assim, Vinícius acredita que o time tem tudo pra manter a pegada. “No comando do Mazola a gente não sabe o que é uma derrota. É continuar trabalhando e manter essa sequência de resultados bons”, pontuou.

(Diário do Pará)