Ufa, ufa! O Clube do Remo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série C e segue respirando na tabela para fugir do rebaixamento. Na noite desta sexta-feira (29), o Leão recebeu a Juazeirense-BA, no Mangueirão, e venceu pelo placar de 3 x 0.

Veja como foi o lance a lance!

Os gols remistas começaram a sair ainda no primeiro tempo, com o atacante Isac e o meia Rodriguinho. Na etapa final, Gabriel Lima aproveitou passe de Isac e fechou a conta. 3 x 0.

O resultado ainda deixa o Remo na lanterna do grupo A1, mas agora com 11 pontos, um a menos que a própria Juazeirense-BA, a nona colocada. Na próxima rodada, o Remo viajará até Recife (PE), onde enfrentará o Santa Cruz-PE, no domingo (8), às 17h.


O JOGO

O Clube do Remo, como poucas vezes na Série C, terminou os primeiros 45 minutos de forma tranquila e agradando o torcedor. Desde o começo, a equipe comandada agora pelo técnico João Neto tomou a iniciativa e deu poucas oportunidades para a Juazeirense-BA.

Com a dupla Everton/Rodriguinho bastante participativa, as oportunidades foram aparecendo e o gol parecia questão de tempo. A primeira bola na rede veio em cruzamento na área que o atacante Isac conseguiu aproveitar e tocar para o gol. 1 x 0.

A Juazeirense-BA, após o gol do Remo, assustou com o atacante Tiago, mas o goleiro Vinícius, um dos destaques remistas nesta Terceirona, trabalhou e executou boas defesas.

A partida encaminhava-se para a vitória simples até o intervalo, mas o Remo aumentou a contagem após grande bobeira do sistema defensivo baiano, que deu a bola de presente para Rodriguinho chutar com a perna esquerda e aumentar. 2 x 0, placar que manteve-se até o intervalo.

No segundo tempo de jogo, os baianos foram para cima do time azulino e criou bastante perigo. Com marcação adiantada, os visitantes dificultaram a saída de bola do Leão e chegou muito perto do gol defendido pelo goleiro Vinícius.

Com o passar do relógio, o Leão voltou a melhorar e foi dando as cartas no setor de meio de campo. As oportunidades voltaram a aparecer, e o time logo chegou ao terceiro gol, após cruzamento de Isac que encontrou Gabriel Lima, que se esticou para aumentar. 3 x 0.

Nos instantes finais, a equipe comandada por João Neto ainda desperdiçou boas oportunidades, seja com Leandro Brasília ou Dudu, que pararam nas defesas do goleiro Tigre e na falta de pontaria.

No apito final do árbitro, festa na arquibancada e alívio no gramado, em resultado que manteve o Clube do Remo vivo na Série C.