O Clube do Remo voltará a representar o futebol paraense na disputa da Copa do Brasil, torneio mais democrático do país, onde terá uma grande oportunidade de ir longe na competição após ter o direito de disputar o torneio no ano passado pelo vice-campeonato paraense.

Em sorteio que será realizado nesta sexta-feira (23), o Leão Azul irá conhecer o seu adversário na terceira fase da competição, fase esta que o Leão não disputa há 18 anos e a última vez quase não teve o time azulino como participante da competição.

CONVIDADO

Em 2003, o Remo estava fora da Copa do Brasil, pois Paysandu (campeão) e Tuna (vice) seriam os representantes do futebol paraense na edição de 2003 da Copa do Brasil. A conquista do Papão da Copa dos Campeões deu ao time remista a chance de disputar o torneio nacional.


Isso porque naquele ano, os clubes do Brasil que disputaram a Libertadores da América (Paysandu, Santos-SP, Corinthians-SP e Grêmio-RS) ficaram de fora da Copa do Brasil pelo calendário do futebol brasileiro, o que deu ao Leão Azul a vaga paraense ao lado da Tuna.

CAMPANHA

Na primeira fase, o Clube do Remo foi até Macapá (AP) enfrentar o Ypiranga-AP, no estádio Zerão. O time remista saiu atrás do placar, mas venceu de virada por 3 a 1 e eliminou o jogo da volta beneficiado pelo regulamento do time visitante vencer por dois gols de diferença no primeiro jogo.

Depois disso, o Remo teve pela frente o Internacional-RS. No primeiro jogo em Belém, vitória remista por 1 a 0, gol do zagueiro Irituia e na volta, o Inter venceu por 2 a 1, mas o gol do atacante azulino Ivan classificou o Leão para a terceira fase graças ao gol na casa do adversário.

Pela frente na terceira fase, o Remo enfrentou o Flamengo-RJ. No primeiro jogo, o time remista foi goleado por 4 a 0 dentro do Maracanã e na partida de volta, nova vitória rubro-negra por 3 a 2 e a vaga nas quartas de final ficando com o time da Gávea.

O sorteio será realizado amanhã as 14h na sede da CBF, com transmissão em tempo real pelo DOL.

(DOL)