Embora o futebol profissional do Clube do Remo não tenha mais calendário para o restante da temporada, isso não quer dizer que a modalidade esportiva também fique estagnada até o começo do ano. A partir do próximo final de semana, será dado início ao Campeonato Paraense de futebol feminino, onde, diferente dos marmanjos, a mulherada promete fazer bonito com a camisa azul-marinho. Com o primeiro compromisso agendado para às 9h30 de sábado (23), no Baenão, contra o Carajás, as leoas vêm treinando intensamente para o jogo.

Com a montagem do elenco feita há cerca de duas semanas, a equipe remista será quase por completo composta por jogadoras novas. De acordo com o treinador Rodrigo Machado, que montou o plantel, o Remo vai adentrar na competição em busca do troféu. “A composição do time foi feita com pouco tempo até o começo do campeonato, mas todas as atletas que escolhemos, seja por indicação ou peneiras, mostraram uma garra muito grande. Apesar de novas, onde a maioria tem entre 21 e 23 anos, todas demonstraram um talento a ser cuidado. Por isso, vamos em busca de um lugarzinho próximo do sol”, destacou Rodrigo, que no começo do ano integrou a comissão técnica do futebol profissional do Leão Azul.


SONHANDO ALTO

Após a campanha memorável que o Pinheirense realizou no ano, conquistando o título do Nacional A2, o General permitiu ao certame Estadual mais visibilidade. Por isso, as quatro melhores equipes do Paraense terão vagas diretas para o Brasileirão, segundo Rodrigo. Desse modo, o time não entrará para brincadeira. “Vamos em busca de resultados e atrás do título”, ponderou o técnico azulino.

Para a lateral Jeanne Mendes, de 22 anos, e que esteve presente no campeonato do ano passado também defendendo o Mais Querido, os preparativos feitos com o atual grupo estão deixando as atletas preparada para qualquer confronto. “Sem dúvida estamos prontas. Diferente do ano passado, os trabalhos feitos pelo nosso técnico realmente estão dando trabalho. E é isso que estamos buscando, treinar para sempre fazer o melhor. Os torcedores podem esperar que vamos nos doar para representar cada um deles”, disse a jogadora.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)