Remo vai para Re-Pa sem mistério, mas com polêmica

O primeiro Re-Pa do ano foi cercado de mistério pelas duas partes. O técnico Josué Teixeira comandou alguns treinos secretos, fechados para torcedores e imprensa e deu certo, saiu da partida com um placar favorável de 2 a 1. Porém, neste segundo turno, as coisas vão ser bem diferentes. Ao invés de fechar, Josué quer o apoio da torcida nesta semana do Clássico Rei da Amazônia. Mesmo não tendo mistério, os bastidores do jogo já se agitaram com algumas situações, como o local onde cada equipe vai ficar.

 

 Para o próximo domingo (26), o Remo chega líder do seu grupo e invicto, tendo em seus bastidores um bom ambiente. Já do outro lado da Avenida Almirante Barroso, mesmo com o Paysandu bem na competição estadual, a pressão em cima do treinador adversário é grande. Ou seja, uma situação bem diferente daquela no início do Parazão. “São momentos diferentes”, afirma.

 

 Mas o clima de Re-Pa já começou. Alguns comentáros sobre uma possível briga por causa do banco de reservas e vestiários já estão rolando. E Josué tratou de responder. “O Remo vai jogar da mesma maneira em qualquer lugar. Se botar para ficar do outro lado, no banco do visitante, a gente fica”, avisa. “Até porque, no banco do visitante, eu fui campeão brasileiro. É um banco que me dá sorte, onde definirem a gente vai”, destacou Josué.

 

Sobre o time, ele espera contar com a volta de alguns jogadores, como o volante Renan Silva e o lateral-esquerdo Jaquinha, que estavam no Departamento Médico. Em relação à escalação, todos saberão em breve. “Quando eu definir, na quarta ou quinta-feira, todos já vão saber. O momento não exige mistério. Além disso, eu convoco a torcida para vir aos treinos, que vai ser importante ela vir e apoiar”, encerrou.


 

 

 

O LEÃO NA COPA VERDE

 

 

– 22 jogos

– 12 vitórias 

– 5 empates 5 derrotas

– 41 gols marcados

– 26 gols sofridos

 

REMO X SANTOS-AP

 

Na tarde de ontem, houve o sorteio dos mandos de campo das quartas de final da Copa Verde 2017. O adversário do Clube do Remo será o Santos-AP, que se classificou após vencer o Fast-AM por 4 a 1, após perder a primeira partida por 1 a 0. No sorteio, ficou decidido que a primeira partida será em Belém e está programada para o dia 29 de março. Já a volta, em Macapá, está marcada para o dia 2 de abril.

 

Lembrando que o campeão da Copa Verde deste ano garante, agora, a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018. O Remo já bateu na trave em 2015, quando, após vencer por 4 a 1, em Belém, tomou a virada para o Cuiabá, na Arena Pantanal. O objetivo este ano é conquistar o título da competição regional.

 

(Café Pinheiro/Diário do Pará)