Já dizia a canção: ‘O povo do Norte está feliz’ e isso se está mais visível neste sábado (28). Com a vitória do Remo contra o Manaus-AM fora de casa por 2 a 0, ele também garantiu o Paysandu para o quadrangular do Campeonato Brasileiro da Série C.

A partida começou com os donos da casa tomando a iniciativa e pelo lado esquerdo, o ex-azulino Tsunami assustava os remistas, seja por cruzamentos e também no chute perigoso, aos 17 minutos do primeiro tempo.

A resposta azulina não demorou muito: Felipe Gedoz cobrou falta e logo no rebote assustou os amazonenses, em lance a favor do Leão, que logo depois teve dor de cabeça: Charles saiu lesionado e deu vaga a Júlio Rusch na metade do primeiro tempo.

Os manauaras também perderam o jogador Tsunami por lesão, porém o Gavião quase conta com a sorte aos 42 minutos: Rafael Jansen corta cruzamento e por pouco não marca gol contra no cruzamento de Renan.

No segundo tempo, o Remo tratou de confirmar a classificação em apenas seis minutos: primeiro com Salatiel que finalizou forte para abrir o placar e logo em seguida foi a vez de Tcharles, que contou com a colaboração do goleiro para marcar mais um do Leão.


Sem reação, o Manaus-AM tentou com Hamilton, porém a defesa azulina não deu brechas para o jogador amazonense, enquanto que do outro lado, o goleiro Jonathan impediu pelo menos dois gols azulinos: primeiro com Felipe Gedoz e o segundo com o novato Augusto, que fez sua estreia no time azulino.

Com a vitória, o Remo se classifica para o quadrangular e de quebra leva o Paysandu e Vila Nova para o quadrangular da Série C do Campeonato Brasileiro.

Agora, o Remo enfrenta o Paysandu no clássico paraense da última rodada da Série C, enquanto que o Manaus-AM enfrenta o Imperatriz-MA, no sábado (5).

FICHA TÉCNICA

MANAUS: Jonathan; Edvan, Luis Fernando, Patrick e Tsunami (Renan); Márcio Passos (Jandy), Rafael Carrilho (Rossini) e Gabriel Davis; Janeudo (Paulinho), Philip (Matheusinho) e Hamilton

Técnico: Luizinho Lopes

REMO: Vinicius; Ricardo Luz, Mimica, Rafael Jansen e Marlon; Lucas Siqueira, Charles (Júlio Rusch) e Felipe Gedoz; Tcharles (Gustavo Ermel), Hélio e Salatiel (Augusto).

Técnico: Paulo Bonamigo

ÁRBITRO: Jonathan Antero Silva (RO)

ASSISTENTES: Márcia Bezerra Caetano (RO) e Adenilson de Sousa Barros (RO)

CARTÕES AMARELOS: Luis Fernando, Tsunami, Hamilton, Renan, Paulinho e Matheusinho (MAN); Marlon (REM)

LOCAL: Arena da Amazônia / Manaus (AM)

(DOL)