O Campeonato Paraense chega ao fim na sua fase de classificação e os jogos vão movimentar as torcidas de todo o estado, onde em jogo estarão vagas para o céu, purgatório e o inferno do futebol local no ano que vem.

Nesta quarta-feira (27), serão realizadas seis partidas pelo fim da fase de classificação e serão conhecidos os times classificados para as quartas de final e também os confrontos da 2ª fase do Parazão, além dos rebaixados para a Segundinha no ano que vem.

Após sete rodadas disputadas, cinco times já estão garantidos na próxima fase: Remo, Paysandu, Independente, Itupiranga e Tuna já estão nas quartas de final e restam três vagas e quatro clubes disputam as vagas restantes.


A situação mais competitiva é do grupo C. Somente o Galo Elétrico está garantido na próxima fase, enquanto que Castanhal, Águia e Paragominas brigam por duas vagas. Para o Japiim, basta uma vitória sobre o Carajás no estádio Modelão que a vaga está garantida, uma situação bem diferente do Azulão de Marabá que enfrenta o Paysandu fora de casa e pode se classificar até mesmo com derrota, desde que o Paragominas não vença o seu jogo.

A missão do Jacaré é mais delicada: o clube vai enfrentar o Clube do Remo em casa e pode ir do céu, em caso de vitória, o que garante o clube na próxima fase do Parazão, desde que Castanhal ou Águia não vençam seus jogos ou até mesmo o inferno, pois o clube pode ser rebaixado para a Segundinha, desde que perca para o Leão e o Tapajós vença por cinco gols de diferença o Gavião.

No grupo B, o Carajás ainda pode se classificar. Para isso, terá de vencer o Castanhal fora de casa e torcer para que o Bragantino não vença a Tuna. Um empate do Tubarão e um tropeço de Castanhal, Águia e Paragominas pode classificar o Pica Pau no número de vitórias, primeiro critério de desempate.

No grupo A, com Paysandu e Itupiranga já classificados, o Bragantino pode ficar com a terceira vaga e depende só de si. Basta uma vitória sobre a Tuna ou tropeço de Carajás para ficar com uma das vagas como melhor 3º colocado. Já o Gavião precisa vencer o Tapajós e torcer por uma derrota do Carajás para evitar o rebaixamento para a Segunda Divisão, algo que é encarado como “milagre” pelo clube indígena que ainda não venceu no Campeonato Paraense.

Às quartas de final já começam no próximo fim de semana com jogos de ida e volta, onde os quatro melhores classificados no geral garantem a vantagem de decidir a vaga em casa, onde não há gol fora de casa ou vantagem do empate.

A rodada de fogo do Campeonato Paraense será amanhã, às 15h30, com cobertura do portal DOL de todos os jogos.

(DOL)