Santos quer o uruguaio Carlos Sánchez (Foto: Eitan Abramovich/AFP)

O Santos busca meios de diminuir a pedida do Monterrey para contratar o meio-campista Carlos Sánchez. Os mexicanos querem 1 milhão de dólares (R$ 3,6 milhões), quantia indisponível na atual situação financeira do Peixe. Para não perder o atleta, o alvinegro negocia em duas frentes: amistoso e empréstimo.

O Santos viajará para o México durante a Copa do Mundo na Rússia e há um amistoso marcado para o dia 7 de julho contra o Monterrey. A ideia do Peixe é não cobrar pela participação no evento e “descontar” na compra de Sánchez. Uma alternativa é emprestar algum atleta promissor das categorias de base ou alguém sem espaço no elenco profissional.


O uruguaio tem contrato com o Monterrey até dezembro e, a partir de julho, poderia assinar um pré-acordo para sair de graça em 2019. O alvinegro, porém, quer Sánchez já no segundo semestre deste ano e acredita que, com uma boa compensação, a negociação pode dar certo.

Carlos Sánchez é polivalente, mas costuma atuar como segundo volante. Pela seleção uruguaia, chegou a jogar como meia e até como ponta. Ele é destro e tem 1,70 m de altura. Revelado pelo Liverpool-URU, o atleta passou por Aragua-VEN, Godoy Cruz-ARG, River Plate-ARG e Puebla-MEX.

O post Santos aposta em amistoso e empréstimo para contratar Sánchez apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva