Quem viu o São Francisco em 2016, conquistando a Taça Estado do Pará e, consequentemente, a vaga para a Série D do Nacional deste ano, chegou a apontar a equipe como uma possível força em 2017. Mas, nem de longe, foi possível rever o mesmo futebol apresentado pela equipe no ano passado, para o inicio da temporada atual.

Após um bom começo na Copa do Brasil, o São Francisco acabou sendo eliminado para o Cruzeiro, exibindo muita fragilidade. E tudo se confirmou com o rebaixamento da equipe no Estadual, antes mesmo do término da competição. Apesar disso, a equipe franciscana tem oportunidade de virar a mesa. Confirmado para a Série D, o São Francisco espera no Nacional, descontar as frustrações dos resultados negativos com uma boa campanha.

Por isso, com um pouco mais de um mês até o início da competição, a equipe já começou o planejamento. Dispensando boa parte do elenco que disputou o Paraense, o Leão manteve sua comissão técnica e está investindo na construção de um Centro de Treinamento.


Segundo o vice-presidente do clube, Milton Maia, algumas prioridades serão tomadas para que a equipe não repita os erros do Paraense. “Vamos para a competição com um objetivo: esquecer o Paraense através de boas atuações e ir em busca do acesso”, explica Milton. “Para isso, vamos montar uma equipe forte, responsável, e que esteja comprometida com as prioridades do clube”, enfatiza.

ADVERSÁRIOS

Genus-RO, Rio Branco-AC e São Raimundo-RR, serão os adversários do São Francisco na primeira fase da competição, que tem data prevista para iniciar no dia 21 de maio,

(Matheus Miranda/Diário do Pará)