A diretoria do Clube do Remo agiu bem rápido e levantou o dinheiro para pagar uma parte dos salários atrasados dos jogadores. Com esta ação, os dirigentes garantiram que a equipe vai chegar, no mínimo, mais tranquila para o jogo do próximo domingo (9), às 18h, pela 9ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, no Mangueirão, contra o Salgueiro-PE. Porém, o pagamento dos funcionários só deve sair na segunda-feira e só quem pode ajudar é o Fenômeno Azul, lotando o estádio.

Os jogadores receberam os vencimentos referentes ao mês de maio deste ano. Dessa forma, resta pagar o mês de junho, que vence na próxima segunda-feira, dia 10. Nessa data, está previsto para ser feito o pagamento aos demais funcionários do clube, que estão prestes a completar três meses de salários atrasados.


Sabendo que uma das possibilidades do dinheiro chegar mais rápido é por meio das arquibancadas, o meia Eduardo Ramos convoca o torcedor a comparecer ao estádio Olímpico. Segundo o camisa 10, o Fenômeno Azul, além de empurrar a equipe, tem um papel fundamental no setor financeiro. “A gente gostaria de pedir a presença do nosso torcedor. Tem tempo que não entro no Mangueirão e vejo 25 mil pessoas. Estamos precisando desse apoio”, comenta. “Eles ajudam e favorecem aqui, na questão salarial. Eles são o coração do clube. A gente pede o apoio no domingo, que vamos dar tudo para sair com a vitória”, completa o capitão da equipe.

(Café Pinheiro/Diário do Pará)