A oitava rodada do Campeonato Estadual, que fecha hoje a fase de classificação, tem todos os elementos para ser a mais emocionante de todas até aqui disputadas. Os seis jogos, que começam às 15h30, definem classificação à próxima etapa e rebaixamento para a Segunda Divisão. Além disso, os resultados irão estabelecer os cruzamentos das quartas de final.

Tuna x Bragantino interessa mais ao Tubarão, que tem oito pontos no Grupo A e precisa consolidar a classificação, pois tem oito pontos e se garante até como 3º melhor classificado. A Lusa, garantida na próxima fase, busca evoluir tecnicamente e superar o mau passo no clássico com o PSC. Cheiro de empate.

Em situação aflitiva, o PFC recebe o Remo, na Arena Verde. Com sete pontos, busca a vitória para classificar como segundo ou terceiro do Grupo C. Caso termine em quarto lugar, estará fora. O técnico Mateus Lima já afirmou que vai tentar explorar os pontos cegos da defesa remista.

Para o líder geral Remo, o confronto é mais de manutenção e busca de regularidade. O time vem ganhando entrosamento, atuou bem contra o Castanhal, mas carece de ajustes no setor defensivo. Deve poupar jogadores pendurados – Rafael Jansen, Dioguinho e Uchoa.

O PSC encara um desesperado Águia na Curuzu. No “grupo da morte”, o time marabaense, apesar de ter oito pontos, corre o risco de não ir às quartas de final. Já os bicolores respiram tranquilidade, pois alcançaram 16 pontos e podem fechar a rodada na ponta da classificação, caso o rival Remo tropece em Paragominas.

Itamar Schulle tem a oportunidade de rodar o elenco, testando peças e buscando dar mais conjunto à equipe, cujos problemas não impediram uma sequência de três vitórias seguidas sem sofrer gols. Atração do time, Denilson, o volante-zagueiro artilheiro, tem escalação confirmada. Bruno Paulista pode finalmente estrear.

No estádio Maximino Porpino, o Castanhal recebe o Carajás em confronto que vale muito para ambos. O Castanhal, de campanha insatisfatória até aqui, precisa vencer para se garantir na próxima fase. O adversário é teoricamente mais fraco, mas luta contra o rebaixamento e precisa pelo menos empatar para permanecer na elite.

As últimas apresentações do Castanhal frustraram o torcedor. Cacaio, que assumiu com a saída de Artur Oliveira, tenta dar competitividade e ânimo ao time, mas até mesmo um adversário modesto representa risco.


Tapajós e Gavião fazem o duelo dos desesperados. Se houver empate, ambos serão rebaixados. Vencer é a única chance de salvação. Artur Oliveira deu novo astral ao Tapajós, perdendo para o PSC com boa atuação e conquistando um ponto preciso em Bragança na rodada passada.

Itupiranga x Independente pode ser um dos grandes jogos da rodada. Frente a frente dois times que fazem boa figura no campeonato. Sob a direção de Sinomar Naves, o Independente está classificado desde a sexta rodada.

O Itupiranga, treinado por Wando, é a grande surpresa até agora. Com um esquema fechado e que explora bem os contra-ataques, tem a melhor defesa da competição (5 gols sofridos), venceu três jogos e precisa de apenas um ponto para confirmar a segunda posição no Grupo A. Ironicamente, caso perca, pode ser eliminado.

Como se vê, a tarde reserva emoções e aflições para todos os gostos.

 

 

Leão acelera contratações e mira mercado local

 

De forma surpreendente, nos últimos dois dias, a diretoria do Remo adiantou a agenda de contratações e anunciou dois nomes que podem atuar no restante do Parazão 2021. Erick Flores, 31 anos, meia-atacante que estava no Boavista (RJ) que trabalhou com Paulo Bonamigo, foi o primeiro a ser confirmado. Ontem, nova contratação: o meio-campista Vinícius Kiss (ex-Botafogo-SP), 32 anos. Ambos já estão regularizados.

Flores é figura carimbada em clubes da Série B desde que surgiu no Flamengo e saiu jogando país afora. O Boavista é seu porto seguro. Esteve lá em quatro oportunidades. A última temporada não foi tão produtiva, mas é jogador experiente, talhado para compor elenco na Série B.

Passou pelo Botafogo-SP sem grande brilho. Volante de bom porte, Vinícius defendeu também várias outras equipes, entre as quais São Bento, Ipatinga, Novorizontino, Paraná, Cuiabá, Coritiba e Sampaio Corrêa.

Substituto de Jefferson Lima, que pediu rescisão de contrato na semana passada, Vinícius poderá defender o Remo na terceira fase da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, pois não atuou no torneio.

Os dirigentes ainda buscam jogadores para a zaga e chegaram a dar um susto na torcida com a especulação de que trariam o zagueiro Victor Ramos, de atuações pouco brilhantes nos últimos anos.

Para o meio-campo, há uma negociação em marcha com Paulinho Curuá, jogador de 23 anos, que participa com destaque da campanha do Tapajós no Parazão 2021, após ter defendido a Tuna na Segundinha.

Danrlei, artilheiro baionense do Independente, também entrou no radar dos azulinos. Conversas foram iniciadas, mas não há nada definido. Marcou quatro gols no Estadual, inclusive contra o Remo no empate em 2 a 2.

O interesse em valores regionais tem a ver com o estilo do técnico Bonamigo e ganha impulso com o sucesso de Dioguinho, atleta revelado pelo Castanhal no ano passado e que faz excelente campanha neste ano.

 

 

Adeus ao bom Tião Costa

 

A coluna de hoje é dedicada, postumamente, ao companheiro Sebastião (Tião) Costa, que nos deixou ontem. Outra vítima fatal da pandemia no Estado, o narrador titular da Rádio Clube AM de Marabá tinha 60 anos e uma legião de fãs e amigos. Gaúcho, há anos radicado no Pará, era um profissional de alto nível, respeitado por todos. Grande perda.