O técnico Tite é conhecido por conseguir manter ótimo relacionamento com os jogadores dos elencos que comanda, mesmo com aqueles que não recebem tantas oportunidades de entrar em campo. E a receita usada por ele vale para todos, independente da fama.

Tite comandou Ronaldo no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Em entrevista ao site Sport, o comandante foi perguntado sobre o bom rendimento e a regularidade de Neymar na Seleção. Para responder, ele citou um exemplo da época em que ainda treinava o Corinthians.


“Talvez eu consiga explicar citando Ronaldo. Treinei ele no Corinthians, já no final da carreira dele. Eu tratava ele com a mesma lealdade e sinceridade, sendo honesto, com que trato Neymar e os outros, Coutinho, Daniel Alves…”, exemplificou. Tite foi técnico do Fenômeno no Timão entre 2010 e 2011, quando o atacante se aposentou.

O treinador também deu sua opinião sobre o fato de Neymar já ser, aos 25 anos, um atleta completo. “Esta já é minha percepção, e foi no Barça que isso aconteceu. Ele evoluiu defensivamente, é muito melhor taticamente”, opinou.

Sem Neymar, poupado, a Seleção Brasileira tem dois compromissos no próximo mês de junho. Na Austrália, em Melbourne, a equipe de Tite vai disputar amistosos contra os anfitriões, no dia 13, e também contra a rival Argentina, quatro dias antes.

Fonte: Gazeta Esportiva