Para chegar ao bicampeonato da Copa Verde, o Paysandu não irá precisar somente das defesas de Emerson e dos gols de Bergson: a estrela do técnico Marcelo Chamusca também chama atenção para o jogo contra a Luverdense-MT, nesta terça-feira (16), em Belém.

A explicação é simples: o time bicolor precisa reverter a vantagem de dois gols do time do Mato Grosso, que venceu a primeira partida por 3 a 1, em Cuiabá (MT).

O treinador bicolor viveu uma situação semelhante no ano passado, quando comandava o Guarani-SP contra o ABC-RN, pela Série C do Brasileirão do ano passado.


Depois de perder por 4 a 0 em Natal (RN), o time paulista goleou o time potiguar por 6 a 0 no estádio Brinco de Ouro e passou para a grande final da Terceirona.

Novamente uma decisão e uma virada pela frente na vida do treinador bicolor: agora vale título e as emoções da decisão você confere no portal DOL, com a bola rolando a partir das 20h.

(Diego Beckman/DOL)