Um jogo decisivo para Bragantino e São Raimundo. As duas equipes duelam às 15h30 de hoje no estádio Diogão, em Bragança, em busca não apenas do terceiro lugar do Campeonato Paraense, mas também de calendário e estabilidade financeira para o próximo ano e da vaga na Copa do Brasil. No jogo de ida, que ocorreu no último final de semana, as equipes ficaram no 1 a 1, e agora, sem favorito, entram em campo com apenas um interesse, buscar a vitória.

Essa já é a quarta vez que o Tubarão e o Pantera se enfrentam na competição estadual, onde ainda no primeiro jogo durante a segunda rodada, quem saiu com os três pontos foi o Bragantino, que venceu a partida por 2 a 1. Daí veio a sétima rodada, onde o Pantera não deixou por menos e garantiu a vitória por 1 a 0.


A ansiedade para a decisão de hoje não é apenas do time comandado pelo técnico Artur Oliveira, mas também da torcida do Bragantino, que faz a festa dentro do Diogão. O torcedor já é visto pela equipe como o 12° jogador dentro de campo. “Nos preparamos bem para essa final, porque sabemos o quanto será importante para o clube e para a cidade poder participar de uma Copa do Brasil pelo suporte financeiro que o clube precisa para o próximo ano”, explica o comandante, que tem todos os atletas disponíveis para a partida.

Para o técnico do Pantera, Vladimir de Jesus, a partida é muito importante. “Mais do que conquistar o dinheiro e o status de terceiro colocado, é uma coroação de um trabalho feito no decorrer da competição. Fizemos um bom campeonato e terminar em terceiro lugar, atrás de Remo e Paysandu, é uma posição honrosa”, destacou Vladimir.

O comandante alvinegro vai poder contar com alguns jogadores que não entraram em campo no jogo de ida, como Kleiton e Bruno Limão, além do volante Romário, que cumpriu suspensão.

(K.L. Caevalho/Diário do Pará)