Seleção Brasileira feminina não tem mais chance de título na She Believes Cup, disputada na Flórida, mas quer se despedir em alta do torneio. Nesta terça-feira, às 22 horas (de Brasília), as brasileiras enfrentam os Estados Unidos pelo último jogo da competição podendo decidir a seleção campeã.

Isso porque as donas da casa têm chance de conquistar o torneio, mas precisam vencer a Seleção Brasileira para tal. As norte-americanas empataram por 2 a 2 com Inglaterra e Japão, que se enfrentam às 19h15. A seleção vencedora será a campeã do torneio, enquanto, em caso de empate, os EUA serão campeões se vencerem o Brasil por dois gols de diferença. Em caso de derrota ou empate dos EUA, a Inglaterra tem vantagem sobre o Japão pelo saldo de gols.


Técnico da Seleção Brasileira, Vadão espera dificuldades com o ataque adversário. “Os EUA tem por tradição de ser um time que pressiona muito e também tem um trio de atacantes muito bom e experientes, esse tem sido o ponto alto das americanas”, disse o treinador.

Vadão espera que a Seleção não cometa os erros das duas partidas anteriores. “Perder um jogo para o Japão de 3 a 1, da maneira como foi o jogo, é muito difícil, foram vacilos. Perdemos o poder de concentração. Precisamos ter mais atenção e estarmos ligados na partida”.

A Seleção Brasileira feminina começou sua campanha na She Believes Cup com o pé esquerdo, perdendo por 2 a 1 para a Inglaterra. No segundo jogo, as brasileiras melhoraram, mas acabaram perdendo por 3 a 1 para a seleção do Japão.

Fonte: Gazeta Esportiva