Foi votado na manhã desta quarta-feira (6) na Câmara Municipal de Belém, o projeto de lei que autoriza a comercialização de bebidas alcóolicas nos estádios de futebol de Belém e apesar da expectativa dos torcedores, o legislativo municipal decidiu pelo veto sobre o assunto.

Com isso, segue proibido a comercialização nas praças esportivas da capital. Foram 17 votos favoráveis ao veto contra 10 e uma abstenção.


“O futebol é um bem cultural e em todo o país, já há a liberação com forte legislação de fiscalização e ordenamento do comércio, gerando renda, tributos e emprego para prefeituras, clubes e população. Belém sofre com índices alarmantes de desemprego e violência e isso não foi gerado pelo futebol, mas sim por falta de oportunidades lícitas para os jovens. Continuaremos na luta, um dia conseguiremos avançar”, declarou a vereadora Marinos Brito (PSOL-PA).

Enquanto Belém não pode comercializar bebidas nos estádios, o mesmo não se pode dizer em outras capitais, onde ocorre uma forte fiscalização para venda nas dependências dos estádios, em dia de grandes jogos.

(DOL)