Volante do Vasco agride policial e é levado a delegacia após vitória na Série B

Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) – Líder do Campeonato Brasileiro da Série B, o Vasco precisou se preocupar com volante Diguinho  após a vitória sobre o Vila Nova, por 2 a 0, na noite da última terça-feira. Isso porque ele agrediu uma policial e foi levado a uma delegacia de Brasília para prestar depoimento.

 


Diguinho foi expulso injustamente no final do segundo tempo. Tentou evitar confusão entre Nenê e Jean Carlos, mas recebeu o vermelho do árbitro Marcelo Aparecido R de Souza. Inconformado, tentou dialogar com o juiz, mas foi em vão. O volante voltou a tentar falar com o árbitro nos vestiários, mas foi impedido.

A policial que fazia a segurança do trio de arbitragem empurrou Diguinho, que revidou com um soco em sua face. Logo após o ocorrido entrou no vestiário do Vasco, mas chamado a depor. Foi levado num carro particular da Federação Brasiliense de Futebol e após 30 minutos de conversa liberado para retornar com a delegação ao Rio de Janeiro.

 

Dentro de campo, o Vasco venceu e chegou aos nove pontos no Campeonato Brasileiro da Série B. Está com 100% de aproveitamento. São 30 partidas de invencibilidade. Sequência construída na Série A do ano passado e que passou pelo Campeonato Carioca até chegar na Série B.