Iniciando a sua terceira temporada no Vasco, Yago Pikachu já segue com treinos fortes no CT Vargem Grande. O elenco já realizou exames médicos de rotina, e em seguida ocorreu um treinamento técnico, voltado para o setor defensivo.

Veja imagens do jogador na pré-temporada

“Fico feliz de poder estar ajudando sempre, tanto na lateral quanto na linha na frente. Tenho esse privilégio de sempre estar atuando e vou continuar treinando forte para que quando o treinador precisar de mim eu possa estar à disposição. O importante é cumprir sempre o papel que o professor pedir, independentemente da posição. Nesses dois anos venho atuando bastante, com frequência na linha da frente, e vou trabalhar para dar continuidade. Que esse ano de 2018 seja um ano de conquistas individuais e coletivas”, disse.


Pikachu vive momentos de ansiedade que antecedem a Libertadores, porém, ressalta que o foco está completamente no primeiro jogo da temporada, pelo Campeonato Carioca. O time de São Januário enfrentará o Bangu, no dia 18 de janeiro. O paraense aproveitou para lembrar sua primeira conquista pelo Cruzmaltino, justamente o Estadual, de forma invicta, em 2016.

“Sabemos que todos querem a Libertadores, mas nosso primeiro desafio já será no dia 18 de janeiro. O Carioca é um campeonato que nos interessa. Foi um título que conquistei logo na minha chegada ao clube, de forma invicta. Quem sabe essa conquista venha novamente. Depois da estreia, vamos pensar na Libertadores, que é uma competição que queremos estar fortes. Mas, no momento, nosso foco está no primeiro jogo do ano, contra o Bangu”, analisou.

Iniciando mais um ciclo em São Januário, o jogador destacou que os objetivos só aumentam. Diante de compromissos importantes nesta temporada, Pikachu projeta grandes conquistas para o time comandado por Zé Ricardo.

“Eu estou indo para o terceiro ano e os objetivos estão sendo bem cumpridos. Cheguei em 2016, conseguimos o acesso e em 2017 confirmamos a vaga para a Libertadores. Se for nesse ritmo, esperamos conquistar coisas ainda maiores. Temos a Copa do Brasil, o Brasileiro e a própria Libertadores. Sabemos que são competições com o nível bastante elevado, mas a tendência é sempre melhorar e não está sendo diferente nessa pré-temporada. Estou trabalhando junto com os companheiros para que a gente consiga alcançar todos os nossos objetivos”, finalizou.